O mundo precisa de um sermão!

Alguns fatos que chocaram o mundo. A peste negra, entre 1347 e 1351, que matou cerca de 50 milhões de pessoas na Europa e na Ásia. Em 1755, o grande terremoto de Lisboa, estima-se que os mortos estejam entre dez mil e 90 mil pessoas. O naufrágio do Titanic, em 1912 resultou na morte de 1.517 pessoas. Em 1918, uma pandemia do vírus influenza se espalhou por quase todo o mundo. Estudiosos da época indicaram que a gripe espanhola afetou 50% da população mundial. O número de mortos ficou na casa de 50 milhões. A Segunda Guerra Mundial, entre 1939 e 1945, deixou 85 milhões de mortos (mais de 50% eram civis).

No Brasil, estima-se que mais de 60 mil pessoas morrem todos os anos, de acidentes, conflitos, e outras causas. Choramos pelas tragédias da barragem de Mariana, Brumadinho e outras. Toda a criação está gemendo. Há uma crise de poder, de soberania, de divisão de territórios.

Lembro-me de uma frase estampada em uma foto que mostrava um terreno todo destruído pela explosão de bombas: “O mundo está precisando de um sermão!”.

O capítulo 8 de Romanos nos revela a vida cristã pelo Espírito Santo. “Porque sabemos que toda a criação, a um só tempo, geme e suporta angústias até agora” (Rm 8.22-24). Na compreensão do apóstolo Paulo a presente situação que faz a terra e os povos gemerem, poderá ser revertida quando o mundo buscar a Cristo como único Senhor e Salvador.

Há esperança para todos/as em Cristo. Se o mundo (pessoas) está precisando de um sermão, que seja esse o momento oportuno.

Que seja agora o grito dos céus sobre a terra. Aí está o corona vírus para despertar o mundo. Somos seres humanos e não bestas-feras!

Deus nos abençoe!


Samir Borges da Silva, pastor na IM em Bauru (SP)

Gostou desse artigo? Passe adiante!

Compartilhar no facebook
Compartilhar
Compartilhar no twitter
Compartilhar
Compartilhar no linkedin
Compartilhar
Compartilhar no pinterest
Compartilhar