Mulheres preciosas

O livro de Provérbios diz: “Mulher virtuosa quem a achará? O seu valor muito excede ao de rubis” (Provérbios 31:10). Os rubis são pedras de muito valor, mas quando encontradas em seu estado bruto lembram “pedregulhos argilosos”, têm formas arredondadas que se parecem com um ovo de pomba. Quando segurado na mão tem certo peso característico. As gemas têm a cor vermelho sangue devido ao cromo, com tonalidades notáveis.

 Após serem extraídas as pedras brutas, são lavadas por jatos de água sob pressão e peneiradas para triagem. Os blocos de mármore branco contendo gemas de rubis são quebradas por pessoas de total confiança. E finalmente   lapidadas. Todos os rubis naturais contêm imperfeições.  Na escala de Mohs (quantifica a dureza dos minerais, atribuindo valores de 1 a 10), os rubis têm dureza 9, sendo somente ultrapassado pelo diamante. São valorizadas de acordo com o seu tamanho, cor, claridade e corte.

De tal modo, como os rubis são difíceis de serem lapidados, a vida de uma ‘esposa de pastor’ não é fácil, mas recebe de Deus uma força extraordinária que se renova a cada manhã. É lapidada dia após dia! As lutas são constantes, as circunstâncias contrárias, vive radicalmente na contramão. Enfrenta com o esposo (pastor) todo tipo de adversidades, todavia, ela sabe que foi escolhida por Deus para estar ao lado do seu esposo. Sente gratidão pelas inúmeras bênçãos recebidas. Quanto mais o tempo passa, amadurece na vida espiritual, cultivando qualidades e exercitando a fé.

Tome posse das bênçãos, querida esposa de pastor e seja revigorada pelas promessas do nosso Senhor. Viva o seu melhor, exercite o seu ministério com louvor!

Mulheres virtuosas, ao lado de pastores consagrados. Não medem esforços para concluir a obra do Senhor.

Ungidas pelo Espírito Santo, lavadas pelo sangue do Cordeiro.

Líderes por excelência e servas humildes e dedicadas.

Humanas, mesmo com imperfeições, assim como os verdadeiros rubis.

Especiais, com uma grande missão de evangelizar. Abraçam a causa, se identificam.

Resilientes nas suas fragilidades. Superam às lágrimas. Não desistem nunca.

Exemplos de dedicação, perseverança e esperança.

Solícitas, prontas para ouvir e obedecer a voz de Deus.

Pacificadoras diante de conflitos.

Responsáveis em exercer o dom que receberam de Deus.

Essenciais na afetividade, acolhedoras.

Corajosas, prosseguem rumo a salvação, ultrapassam barreiras.

Inspiradoras, promovem a paz mesmo diante do caos.

Ousadas na oração, clamam por misericórdia. Intercedem pelo esposo.

Sábias nas palavras, diante de perguntas inquietantes buscam respostas na Bíblia Sagrada.

Aconselham a todos que a procuram, promovem harmonia.

Sinceras, sabem ser autênticas. Não se moldam aos costumes do mundo. Estão guardadas debaixo da sombra da mão do Senhor.

 “A esposa de pastor é parte do tesouro particular do Senhor, são pedras preciosas. Guarda em seu coração os mistérios insondáveis de Deus.”

Roseli Lima de Oliveira- Andradina – SP

Gostou desse artigo? Passe adiante!

Compartilhar no facebook
Compartilhar
Compartilhar no twitter
Compartilhar
Compartilhar no linkedin
Compartilhar
Compartilhar no pinterest
Compartilhar