Obra para novo templo Metodista em Penápolis completa um ano!

Obra para novo templo Metodista em Penápolis completa um ano

Estimado em R$ 4 milhões, o projeto abrange um complexo de três mil metros quadrados de área construída.

A Igreja Metodista Central em Penápolis (IMCP) comemorou, no último dia 30 de agosto, o primeiro ano de obras do complexo que abrigará o novo templo da instituição, realizadas em um terreno de 19 mil metros quadrados, na rua Giácomo Paro, 1480, em frente ao Colégio Futuro. O projeto é considerado uma das maiores obras em andamento em toda a 5ª Região Eclesiástica da Igreja Metodista, que compreende o interior do Estado de São Paulo e as regiões do Triângulo Mineiro e sul de Minas.

O atual prédio da igreja, localizado na região central da cidade, foi construído em 1919 e não atende mais as demandas da comunidade metodista local, necessitando de grandes adequações. O piso superior, onde ficava o templo, precisou ser desativado e lacrado, em obediência às legislações sobre segurança. Atualmente, os cultos e demais atividades acontecem no antigo salão social, no piso térreo.

Desafio

Desde o início da construção, a IMCP já investiu mais de R$ 500 mil. O montante faz parte dos recursos economizados pela instituição nos últimos dez anos. Orçado em R$ 4 milhões, o projeto tem previsão de entrega para novembro de 2019, no centenário de fundação da igreja na cidade. Porém, até o final de 2017 deve ficar pronto o templo, para onde serão transferidos os cultos e demais cerimônias.

Segundo o pastor da igreja, reverendo Jonas Lopes de Oliveira, a mudança para uma região afastada do centro da cidade pode criar oportunidades para os bairros periféricos. “Pedimos ao Pai que esta nova casa, este novo templo, possa alcançar os moradores dos bairros circunvizinhos com o evangelho da graça de Cristo”, contou.

O reverendo confirmou também que o andamento da obra está seguindo o cronograma previsto. “Realmente podemos dizer, sem medo de errar, que até aqui tem nos ajudado o Senhor”, comemora , “Não estamos construindo uma casa qualquer, mas a Casa do Senhor, lugar onde certamente Ele derramará bênçãos sobre as nossas vidas”, acrescentou.

Nestes doze meses de trabalho, foram realizadas as etapas de roçagem do terreno, terraplanagem, sondagem do solo e a colocação de estacas e blocos de concreto e ferro para base de sustentação. Atualmente, estão sendo fabricadas, no próprio local, as colunas de sustentação do prédio.

Estrutura

O novo complexo será formado por um templo principal, com 20 metros de largura, 42 de cumprimento e oito de altura, sustentado por 26 colunas e revestido por vitrais de diversas cores. Com capacidade para 800 pessoas, o templo receberá equipamento de ar-condicionado e moderno sistema de som e iluminação.

Já o salão social, planejado para acomodar 600 pessoas sentadas, terá 967 metros quadrados.

O terceiro prédio do complexo abrigará o setor administrativo e doze salas para reuniões e estudos, em um bloco de mais de mil metros quadrados.

Para programações ao ar livre, o terreno ganhará um anfiteatro no estilo teatro de arena, com palco giratório. Haverá ainda estacionamento próprio para carros, motos e ônibus.

Planejada e executada pela empresa Geraissate Projetos e Engenharia Ltda, a obra baseia-se nos princípios da economicidade e preservação dos recursos naturais. Para isso, será instalado sistema de captação de energia solar. A água da chuva também não será desperdiçada: haverá captação e armazenamento para utilização em descargas sanitárias, jardinagem e limpeza de áreas externas do prédio.

Comemorações

No ano passado, o início da construção foi simbolizado por uma cerimônia especial de lançamento da Pedra Fundamental, que contou com a presença do bispo presidente, reverendo Adonias Pereira do Lago, além de autoridades municipais e dezenas de metodistas.

Este ano, o primeiro ano da construção foi comemorado com uma vigília especial no dia 26, no atual templo da igreja (avenida Luis Osório, 289), onde no domingo, 4 de setembro, foi celebrado ainda um culto especial de Ação de Graças.

Amanda Reis – Ministério da Comunicação
Igreja Metodista Central em Penápolis

Gostou desse artigo? Passe adiante!

Compartilhar no facebook
Compartilhar
Compartilhar no twitter
Compartilhar
Compartilhar no linkedin
Compartilhar
Compartilhar no pinterest
Compartilhar