Logotipo Igreja Metodista 5ª Região Eclesiástica
Iturama acolheu com alegria o Projeto Missionário da 5ª RE Iturama acolheu com alegria o Projeto Missionário da 5ª RE
Conhecida como a “Pérola do Pontal do Triângulo”, a cidade de Iturama (MG), recebeu este ano, nos dias 21 a 27 de julho, o... Iturama acolheu com alegria o Projeto Missionário da 5ª RE

Conhecida como a “Pérola do Pontal do Triângulo”, a cidade de Iturama (MG), recebeu este ano, nos dias 21 a 27 de julho, o 23º Projeto Missionário “Uma Semana pra Jesus”, da 5ª RE. Foi uma semana em que os/as participantes, abençoaram, foram abençoados/as e acolhidos/as de braços abertos pela população local, e em especial levaram a “pérola” da mensagem do perdão, cura e salvação àquela cidade.
O trabalho metodista em Iturama (MG) começou em abril de 2001, com a chegada do casal missionário Íris e Paulo Martins Lopes, que implementaram e conduziram a obra até 2014.
Em 2015 chegou a Pra. Genilda Pereira Rangel para pastorear a comunidade, que tem experimentado um crescimento saudável e de testemunho na cidade.
Cerca de 500 misssionários/as participaram do Projeto, atuando nas áreas de saúde, cursos, bazar da pechinha e cortes de cabelo, Escola Bíblica de Férias (EBF), evangelismo de rua e Casas de Paz, louvor, teatro alternativo e na construção do novo templo.
Durante as manhãs e tardes, aconteceram as atividades sociais, enquanto às noites, eram celebrados cultos evangelísticos (com louvor, teatro e dança). Ao final de cada culto, a Pra. Genilda Rangel trazia uma palavra de gratidão e um convite ao público presente.
No culto de abertura, sábado, 21, dirigido pela Federação de Homens da 5ª RE, o Rev. Paulo de Tarso Caetano Pontes, partilhou uma mensagem de incentivo e responsabilidade aos missionários/as participantes do Projeto.
Na segunda noite, 22, com a direção da Federação de Mulheres, a Revda. Cristiane de Fátima Amendola compartilhou a mensagem de João 11.17-20: “Por quê choras? Muitas vezes olhamos para o sepulcro (morte) e esquecemos das promessas de vitória (vida)”.
Dia 23, a mensagem foi trazida pelo Ministério Docsa, de Uberlândia (MG), com o “Vale de ossos secos”.
No dia 24, a Federação de Jovens dirigiu o culto e o Rev. Thiago Elias Balduino da Silva compartilhou um testemunho pessoal, enquanto Kayke Medeiros (vice-presidente da FeMeJu) testemunhou sua cura de saúde.
Na quinta-feira, 25, o MD. Washington Mateus da Rocha ministrou João 5.2-9, afirmando que “para sermos curados, não precisamos de ajuda humana, mas de Jesus”. Também testemunhou sobre o milagre de sua filha, que nascerá em breve.
Dia 26, a mensagem do Rev. Anderson Salgado Campos foi ilustrada pela “caixa da fantasia”, que experimentava a solidão. “Solidão é estar no meio de pessoas, mas sentir-se sozinho/a”. Em Cristo, podemos “sair da caixa da solidão” e não mais nos sentirmos sozinhos (João 8.28-30).
E, no culto de encerramento do Projeto, no novo templo, o bispo Adonias Pereira do Lago pregou Lucas 10, desafiando os/as metodistas, mas também as pessoas da cidade a proclamarem a mensagem da salvação. “É maravilhoso ver Jesus realizar grandes obras através de nós”, partilhou o bispo. E, desafiou: “Que relatório você fará a sua igreja local?”
Para a pastora local, Genilda Pereira Rangel, “com a força e o poder do Senhor, nós vamos romper e a obra nesta cidade irá frutificar, para a honra e a glória dEle”. Sua expectativa para com a comunidade é “que possam fluir na graça e no poder do Senhor, como uma igreja missionária, discipuladora, abençoa¬dora e florescendo dia a dia”.

 

Informativo Regional Nº129 – Setembro – Outubro 2018