Acontece:
Translate:





Untitled document

Tristeza, desânimo e Orações para a Paz em sequência aos ataques em Paris

Declaração de Thomas Kemper

Secretário geral

Junta Geral de Ministérios Globais

Igreja Metodista Unida

Lamentamos pelas 132 mulheres, homens e crianças que foram mortas e mais centenas que ficaram feridas nos ataques terroristas de Paris em 13 de novembro, em nome de uma ideologia extremista islâmica.  Nossos pensamentos e orações permanecem com aqueles que foram devastados pela perda dos amigos, família e entes queridos. Nos solidarizamos com o povo da França e nossas congregações Metodistas Unidas. Nos unimos   a comunidade ecumênica cristã internacional proclamando o amor, a verdade, a justiça e a paz  para que encontrem  seu caminho  em todos os assuntos humanos.  A violência contamina a nobreza da fé cujo livro sagrado descreve os seguidores de Alá como aqueles "que pisam suavemente sobre a terra" (Alcorão 25:63). O assassinato e caos que nasceu pelo extremismo religioso nunca são justificáveis e ficam nitidamente em oposição a todas as grandes religiões do mundo.

Estamos profundamente preocupados com o forte impacto que os ataques podem ter  tido sobre os refugiados que fogem da violência na Síria e Iraque - pessoas que conhecemos em primeira mão através de parcerias de socorro que se estendem por  muitos meses. O horror e angústia causados por bombas e tiros em Paris foi precedido em Beirute, Líbano, poucos dias antes, quando 43 pessoas foram mortas pelas mesmas forças de ódio. Um terço das pessoas do Líbano são refugiadas com os mesmos direitos à dignidade humana que professamos. Atrocidades como as de Paris acontecem quase que diariamente na cidade síria de Aleppo e outras áreas devastadas pela guerra do Oriente Médio.

Os acontecimentos de Paris podem encorajar restrições na fronteira em nome da segurança e proibir a entrada de refugiados sírios e iraquianos que sofreram terrorismo durante anos. Oramos para que os governos e as pessoas possam resistir ao sentimento anti-refugiados e continuar a oferecer refúgio para aqueles que precisam. Que nestes dias de atos desesperados de violência, possam  prevalecer os  esforços  para a  resolução das causas profundas da atual crise de refugiados.

Não podemos permitir que terroristas dissuadam as nações democráticas e pacifistas religiosos e seculares de estender a mão para as crianças refugiadas, jovens, homens e mulheres.

Devemos somar forças para  encontrar maneiras abrangentes para reverter a violência política e militar que é a causa de um número crescente de refugiados. A violência não é o fim da história, o amor e a graça redentora de Deus, é.

 

Então, vamos nos voltar para Deus e pedir forças para buscar a paz e para persegui-la com

coragem, determinação e esperança. Pedimos, Deus de misericórdia e justiça, em face da

violência terrível em Paris, Beirute e cidades devastadas pela guerra em todo o mundo:

 

  • Para aqueles cujas vidas foram para  sempre interrompidas e alterada pela violência em Paris e Beirute;
  • Para aqueles que servem os feridos, ministram às famílias dos mortos e têm a responsabilidade de determinar as respostas aos ataques.
  • Para o povo da França que possam encontrar um sentimento de segurança e paz sem fechar seus corações e fronteiras para os refugiados do Oriente Médio
  • Para os refugiados para que possam encontrar a segurança e serem acolhidos e não serem afastados para qualquer lugar com medo e desconfiança
  • Para os autores que os seus corações sejam transformados; que repudiem a violência e tornem-se construtores de paz
  • Para defensores da paz que não sucumbam ao medo, mas permaneçam devotados à paz através da justiça e compaixão; e
  • Por um forte testemunho da Igreja Metodista Unida como instrumentos de justiça e de paz onde há violência, sofrimento, ódio e medo.

 

 

Fazemos todas essas petições em nome de Cristo, autor da paz e criador de justiça.




INFORMATIVO - Maio/Junho

Informativo Regional
Clique na Imagem ao lado para ler ou fazer o download do IR nº 127

Busca de Conteúdos no Portal

Encontre
Igrejas e Pastores

Pesquise também:

Versículo do Dia

Há, porventura, alguma coisa difícil ao Senhor? Ao tempo determinado, no ano vindouro, tornarei a ti, e Sara terá um filho.


GÊNESIS 18.14

Boletim Eletrônico
Informe seu nome e e-mail para receber nosso boletim eletrônico.
Nome:
E-mail:
5ª Região Eclesiástica - Rua Anchieta, 229 (esquina com Rua Santos Dumont) - Vila Ercília - São José do Rio Preto - SP - Cep 15013-010 - Fone: 17 3353.1198
Desenvolvido por: